0

O que você precisar saber para ir às Cataratas Brasileiras

Passei bastante tempo desejando conhecer as Cataratas do Iguaçu. Finalmente tive essa oportunidade!

Decidi, então, compartilhar minha experiência com vocês e dar dicas bem legais! 🙂

Como chegar

1

Para chegar até as Cataratas brasileiras, você precisará viajar até a cidade de Foz do Iguaçu. De lá, você pegará um ônibus dentro do TTU (Terminal de Transporte Urbano) da cidade, que custa uns 3 reais e uns quebradinhos.

Esse ônibus vai até as Cataratas, mas ao longo do seu percurso passa por vários pontos importantes, como o aeroporto de Foz, museu de Cera, Parque das Aves etc.

Inclusive, você irá descer em frente ao Parque das Aves. A entrada para as Cataratas fica no outro lado da pista, você pode ir a pé sossegado.

Preços

2

Para nós brasileiros, o custo da entrada nas Cataratas brasileiras é de R$37,00 por pessoa. Com esse ingresso, pode fazer a trilha até as Cataratas e/ou pegar os ônibus para locomoção, utilizar o elevador etc. Contudo, não dá acesso aos passeios de barco, os quais requerem ingresso à parte.

Trilha

3

Dentro do parque, você irá pegar um ônibus para chegar próximo às Cataratas. Você pode optar por descer na penúltima parada, fazer a trilha de cerca de 1km até se aproximar das cachoeiras e voltar de ônibus novamente (o que 99% das pessoas fazem – alguns fazer a pé, que coragem!).

Ou fazer como eu fiz (não foi nada pensado, apenas aconteceu dessa forma hahaha):

Desci na última parada, já próximo ao restaurante, peguei o elevador e desci até as quedas d’água (o lugar mais próximo e mais lindo do lado brasileiro). Fiz o caminho inverso da trilha para tentar chegar até à penúltima parada e me deparei com um dilema: a parada não era na direção para sair do parque, mas sim para ir novamente para a última parada. Ainda assim, pegamos o ônibus.

Sucesso! Ficamos dentro do ônibus na última parada esperando que todas as pessoas entrassem para podermos ir em direção à saída. Era uma fila daqueelas! A gente teria pego a mesma fila se tivéssemos feito o passeio como todo mundo, mas por fazer o caminho inverso apenas aproveitamos a “carona” e ficamos no nosso lugarzinho dentro do ônibus com ar-condicionado. Yeeey!

Passeios extra

Tanto no lado brasileiro como no argentino é possível fazer passeios de barco nas águas das Cataratas. Como eu já tinha feito a Aventura Náutica no lado argentino, optei por não fazer nenhum passeio no lado brasileiro (vi gente na Internet dizendo que o lado dos hermanos era com mais emoção hehe).

No site oficial você pode verificar os passeios disponíveis e optar ou não por fazer algum deles.

No nosso canal do YouTube postamos um do vlog diário nas Cataratas, dá uma olhadinha! 🙂

Essas foram informações que recolhi durante a minha viagem. Se quiserem saber mais coisas que não foi dito aqui, sintam-se à vontade para comentar aqui embaixo. Beijão!

2 comments

  1. William 23 janeiro, 2017 at 18:27 Responder

    Minha dúvida é sobre o lado argentino, para pagar ou compra alguma coisa e necessário pegar a moeda argentina ou lá eles aceitam a moeda brasileira?

    • Marcella 25 janeiro, 2017 at 18:52 Responder

      Tem muitos lugares que aceitam o real, muitos mesmo! Mas cada um faz a cotação, é só você perguntar e vê se vale a pena. 😉

Deixe um comentário