0DESTAQUE

4 lugares imperdíveis para conhecer em Puerto Iguazú, Argentina

Puerto Iguazú é uma cidade argentina famosa devido às Cataratas do Iguaçu, mas ela tem outros lugares muito interessantes que você não pode deixar de conhecer. 😀

 

1. Ice Bar

ICEBAR4

O Ice Bar foi um dos meus passeios favoritos, senão o favorito logo após as Cataratas. O bar é inteiramente coberto de gelo: paredes, balcões, esculturas e até mesmo o copo no qual tomamos os drinks.

Antes de entrar você receberá um casaco especial e luvas. Portanto, aconselho que vá de calça e tênis. Você guarda seus pertences num armário e adentra numa sala intermediária para se acostumar com a diferença de temperatura e receber instruções. Logo após será autorizada a entrada no bar, onde você pode permanecer por até 30 minutos, dançar, tirar fotos, filmar e beber à vontade!

Os atendentes falam português e até algumas músicas brasileiras tocam por lá pra animar a galera! Sensacional, amei!

Atenção: Não é permitido tocar no gelo sem as luvas!

Para chegar até lá você vai até a rodoviária de Puerto Iguazú e pega o mesmo ônibus que vai para as Cataratas, mas pede ao motorista para descer no Bar de Hielo (Bar de gelo/ Ice bar). Na volta tem uma parada de ônibus em frente ao bar. Ida e volta custou R$26 pesos por pessoa (cerca de R$5,20).

Valor da entrada: R$60 (pode pagar em real, peso ou dólar)

Site Oficial: IceBar Iguazú

 

2. Cassino

1

Eu nunca tinha ido a um cassino, mas sempre quis ter a oportunidade de conhecer um. Pude realizar isso em Puerto Iguazú, na Argentina.

Fui ao Casino Iguazu, bem antigo e tradicional na cidade. Pelo que eu entendi conversado com os nativos, não tem um ônibus que vá até lá (posso ter entendido errado hehe), pois fica muito próximo da alfândega (fronteira entre Argentina e Brasil). O ônibus chega mais ou menos perto e depois você vai o resto a pé. Ou de táxi, se preferir. Eu fui a pé pra economizar meu dinheirinho e andei um bocadinho, viu? haha

Você pode usar real, dólar, peso ou euro nas máquinas e apostar quanto achar que deve. Eu decidi usar apenas R$10 e saí de lá com R$20. Se eu tivesse apostado R$1000 teria saído com R$2000? Fica o questionamento…

Atenção: É proibido tirar foto dentro do cassino. Você pode tirar apenas na entrada e na recepção.

Site Oficial: Casino Iguazu

 

3. Duty Free

2

A entrada do Duty Free da Argentina fica, na verdade, do outro lado da alfândega. Não entendi isso, mas é assim! Caso esteja dentro de Puerto Iguazú, precisará passar pela alfândega para entrar no Duty Free e passar novamente na hora de voltar para a cidade.

Lá dentro não pode bater foto, eles vão te dar uma sacola pra guardar e lacrar seus pertences.

O shopping é dividido por áreas, cada lugar tem um tema de um país e vende algo relacionado. Por exemplo, na ala com temática francesa vende perfumes; na ala com temática asiática vende eletrônicos etc.

Você só passa no caixa no final, depois de passar por todas elas e escolher o que comprar (ou não rs). Eu entrei só pra passear mesmo, acabei sem comprar nada porque não achei tãão barato assim.

Site Oficial: Duty Free Shop Puerto Iguazu.

 

4. Marco das 3 fronteiras

3

 

Esse lugar eu queria muito ir! Li por aí que são poucos os lugares no mundo que tem o encontro de 3 fronteiras dessa forma. Brasil, Paraguai e Argentina se unem pelo Rio Iguaçu, coisa mais linda de ver!

Algumas pessoas disseram que o lado brasileiro não é tão legal quanto o argentino. E não vi ninguém falando que viu pelo Paraguai.

Eu fui pelo lado argentino e afirmo: eles criaram um espaço bem legal. Uma praça com o marco nas cores da bandeira argentina, várias fontes, lojinhas vendendo souvenir etc.

Tem ônibus da rodoviária que vai pra lá, você pode se informar. Eu, na verdade, fui a pé e voltei de ônibus, que nos deixou numa parada ao lado da rodoviária – e não dentro.

Dizem que o pôr-do-sol de lá é lindo, então decidi ver com meus próprios olhos. Adorei! No final do dia teve show de luzes, com as águas das fontes dançando no ritmo da música que tocava. Acho que é um passeio que vale muito a pena!

Eu conto tudo isso no Vlog Diário que gravei durante a viagem. Se ficou curioso, dá uma olhada! 😉

 

Qualquer dúvida, deixem nos comentários! Beijos!

1 comment

Deixe um comentário